O HALO, a serviço do Exército Britânico desde 2002, é um sistema de localização de armas acústicas desenvolvido pela BAE Systems. Ele utiliza uma matriz distribuída de até doze postes de sensores para detectar a onda de pressão que é gerada quando projéteis ou fogo de armas de artilharia explodem. Os postes de sensores normalmente são instalados cerca de 2 a 4 quilômetros de distância um do outro.

Dados sobre a onda de pressão detectada juntamente com as condições meteorológicas prevalecentes no poste de sensor são retransmitidas de volta para um posto de comando. Aqui, os dados associados com o mesmo evento que foi detectado nos outros postes de sensores são utilizados para processar a localização da fonte do som. O HALO utiliza os dados meteorológicos para gerar um modelo de área ampla dos efeitos das condições meteorológicas na propagação do som que, junto com um banco de dados de terreno digital, é utilizado para calcular o futuro caminho de voo do som. Por esse meio, o HALO é capaz de calcular localizações de modo preciso.

O HALO incorpora um sensor FT702LM de montagem em superfície especialmente projetado. Como o HALO é utilizado no deserto e em ambientes montanhosos e árticos, eles precisavam de um sensor de velocidade e direção do vento que fosse capaz de operar em todos esses ambientes.

 

Teste do sistema Halomet no Monte Fuji, no Japão