Notícias

Sensores de vento a serviço da Energia Solar

Os sensores de vento de ressonância acústica da FT gozam de boa reputação por sua capacidade de suportar frio extremo, gelo e outros condições meteorológicas complicadas. O projeto patenteado do sensor já comprovou sua confiabilidade na indústria de turbinas eólicas, no entanto um sensor de vento da FT foi direcionado ao sol e fio parar no Deserto Tabernas na região sudeste da Espanha, onde está instalado em uma câmara de tempestade de areia.

Embora a degradação dos componentes seja esperada, o sensor FT deve suportar a força extrema e ainda monitorar o fluxo de vento de modo preciso e confiável. Ao longo das últimas semanas o sensor FT tem feito exatamente isso, e Florian Wiesinger, doutorando na DLR, está satisfeito com o resultado.

"O sensor FT vem realizando um grande trabalho. Ele não tem nenhuma peça móvel, por isso não temos que nos preocupar com poeira penetrando no sensor ou com o sensor fornecendo valores incorretos após algum tempo.”

Os anemômetros ultrassônicos da FT utilizam ondas de ressonância acústica no interior de uma pequena cavidade construída com essa finalidade. Isso o torna um sensor muito pequeno e muito resistente. Os sensores da FT passaram por 28 testes de certificação, incluindo corrosão, areia e granizo e são testados literalmente ao extremo.

Para mais informações visite o DLR -Instituto de Pesquisa Solar.

 

 

 

Fazer uma pergunta Solicite um orçamento Converse com um especialista