Suporte / Instalação / Montagem direta (DM)

O FT742-DM (Montagem direta) é instalado diretamente em um tubo de 33,7 mm e é ideal para uma ampla gama de aplicações meteorológicas.

Alimentado pela nossa tecnologia patenteada Acu-Res®, o FT742-DM é único no mercado. É um sensor de vento muito pequeno, porém muito robusto, que dispensa manutenção e dura por anos – mesmo nas condições mais adversas.

BAIXE O GUIA DE INSTALAÇÃO PARA INICIALIZAÇÃO RÁPIDA

O FT742 de montagem direta é projetado para ser fixado diretamente em um tubo (33,7 mm aproximadamente).

O ponto de referência da direção do vento é indicado por um “N” na seção inferior do sensor, acima de um dos parafusos de montagem.

  1. Encaixe a inserção do tubo cônico na parte superior do tubo e fixe-a no lugar com adesivo (não incluído).
  2. Passe o cabo pelo tubo e conecte-o ao sensor.
  3. Deslize o sensor firmemente pelo tubo até que ele fique plano no tubo.
  4. Gire o sensor para alinhar o ponto de referência (N).
  5. Aperte os parafusos de montagem cuidadosamente para garantir uma distribuição uniforme da pressão.

Para mais informações e orientações sobre a instalação em áreas propensas a raios e sal consulte o manual.

Os sensores da série FT7 requerem uma tensão de alimentação de 12 V-30 V DC (24 V DC). A fonte de alimentação deve ser capaz de fornecer 6 A (máx.) se o aquecedor estiver ativado, ou 30 mA se não estiver. Todas as conexões elétricas são feitas ao sensor através de conectores multipolares fabricados pela Fischer ou ODU (no caso de sensores digitais, utilizando conectores laterais do cabo dos seguintes números de peças: SE104Z053-130/8.7 ou SX2F1C-P05NJH9-0001 respectivamente. No caso de sensores analógicos, utilizando conectores laterais do cabo: SS104Z129-1 ou SX2F1C-P08NJH9-0001 respectivamente).

A pinagem da base do sensor de montagem direta é a seguinte:

Aquecedor e temperatura do ponto de ajuste

Para obter o melhor do seu sensor em condições de formação de gelo, o aquecedor deve estar ativado e ajustado a 30 °C. Isso ajuda a prevenir a formação de gelo e a condensação de água na cavidade de medição, maximizando a disponibilidade de dados. Além disso, uma temperatura constante do corpo é melhor para a longevidade dos componentes eletrônicos.

O valor do ponto de ajuste do aquecedor pode ser ajustado utilizando o comando HT (consulte o manual do usuário para mais informações) ou alternativamente utilizando nossos pacotes Acu-Test.

Se o limite de corrente padrão de 4 A se mostrar insuficiente ele pode ser aumentado em software para 6 A, mas você deve se certificar de que sua fonte e cabo de alimentação são capazes de suportar pelo menos 6 Amps.

Filtros

Sempre mantenha o filtro interno do sensor ativado. Sempre que o sensor for utilizado para fins de controle, utilize dados filtrados. O sensor é enviado com o filtro interno ativado por padrão e ajustado para um comprimento de filtro de 1,6 segundos.

Sinalização de status (Sinalização de erro)

Analógico: O sensor indica erros e medições fora do intervalo ajustando os loops de corrente para níveis fora da faixa normal de 4-20 mA. É importante que seu equipamento de registro de dados ou sistema de controle possa processar esses dados inválidos de modo apropriado. Consulte o manual para mais informações.

Digital: O sensor possui um mecanismo interno de auto-verificação. Ele sinaliza que uma leitura é inválida definindo um caractere de sinalização de erro na mensagem de saída de velocidade do vento:

$WI,WVP=020.0,045,1*52〈cr〉〈lf〉

Um valor diferente de “0” aqui indica algum tipo de leitura inválida foi detectada.

É importante que seu equipamento de registro de dados ou sistema de controle possa processar esses dados inválidos de modo apropriado. Consulte o manual para mais informações sobre isso.

O teste de sensores é melhor realizado com nosso pacote Acu-Test, que permite que você conecte o sensor a um PC via cabo USB e visualize as leituras de velocidade e direção do vento em tempo real. O pacote também permite que você altere alguns parâmetros, como a temperatura do ponto de ajuste do aquecedor.

No caso de sensores digitais, um programa emulador de seriais (como o Tera Term ou o HyperTerminal) também funcionam com o cabo fornecido no pacote Acu-Test e é mais uma forma de testar a comunicação. Isso permite que o usuário envie comandos e receba dados do sensor. Observe, no entanto, que a FT Technologies não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Mais informações estão disponíveis no manual do produto. Solicite um manual.

Para informações sobre cabos e conectores consulte a seção Acessórios.

Baixe a folha de dados do Acu-Test para o sensor de vento digital

Baixe a folha de dados do Acu-Test para o sensor de vento analógico